sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Leve



Arranco de meu coração uma nebulosa, que há muito habitava meu peito.
Seguro-a na mão, vejo-a lilás piscando para mim, mas não caio em seu encanto.

Ela encanta... Engana com falsas promessas, falsos olhares, falso amor.
Mas é melhor sofrer agora, que morrer suplicando um pouco de carinho.

Tenho um mundo para descobrir, tenho a mim para encontrar...
Não posso ficar presa a uma quimera, a esta tal existência tirana.

Olho uma ultima vez, e sem me despedir,
Saio em busca de meu futuro... Sem ela.

E me sinto leve!

Um comentário:

...mar azul de Málaga...por Jose disse...

bonitas imagenes,,,

felicidades y pasa un buen dia...